A importância da acústica no seu home studio

Fotoromanza

A música de hoje já é bem antiga. Foi gravada há muitos anos (acho que em 1999) para um coletânea da gravadora Shelflife Records. Foi a primeira música em que flertamos com influências de MPB.

Quanto ao tópico desta semana, eu, assim como muitos músicos, tenho um home studio e eu, assim como muitos músicos, gravo e mixo num ambiente pra lá de inadequado.

O objetivo deste post é alertar outros músicos e ajudá-los a escapar do sofrimento que é gravar nessas condições.

Meu estúdio (se é que é possível chamar esse cubículo sem tratamento acústico nenhum de estúdio) tem todos os problemas possíveis em termos de acústica. É barulhento, não tem isolamento acústico algum e fica de frente para a avenida mais movimentada da cidade, sem mencionar os vizinhos barulhentos.

Além disso, o quartinho onde meus equipamentos ficam (não vou chamar aquilo mais de estúdio), além de ser quadrado (o pior formato possível para um estúdio), é pequeno demais, tem colunas que dificultam muito a colocação de difusores e bass traps e tem uma enorme porta de vidro de um lado e cortinas do outro.

Em resumo, dificilmente poderia ser pior.

Pior mesmo é pensar que já gravei e mixei três discos nesse ambiente. Poderia dizer que foi um milagre se não soubesse a trabalheira que deu conseguir um mix decente com tantos problemas de acústica.

Um estúdio, ou melhor, a técnica de um estúdio (lugar onde se faz a mixagem de um disco), precisa de tratamento acústico, senão o resultado pode ser desastroso ou pelo menos o processo pode ser muito mais trabalhoso do que deveria. E não custa caro fazer o tratamento acústico de uma sala pequena. O ambiente de gravação não precisa ser tão controlado e é provável que a maioria dos donos de home studios gravem no mesmo lugar onde mixam.

Em breve pretendo me mudar para um lugar maior e fazer um tratamento acústico decente no novo estúdio, incluindo isolamento acústico, colocação de difusores, defletores e bass traps. No próximo post vou falar um pouco sobre alguns métodos práticos e baratos de se tratar a acústica de um ambiente.

Enquanto isso, uma boa fonte de informações sobre esse assunto é a audiolist, onde você pode encontrar inclusive projetos de bass traps e difusores, além de muita informação sobre audio. Outro site legal é o Recording Studio Design Forum, mas é em inglês.

0 Responses to “A importância da acústica no seu home studio”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: